Resultados 1 a 1 de 1

Tópico: Até a vitória

  1. #1
    Toca Fun!
    Avatar de kamui
    Data de Ingresso
    Oct 2009
    Localização
    Fortaleza da Escuridão
    Posts
    443
    Pontos: 23.102, Level: 66
    Atividade geral: 89,0%
    Conquistas:
    Engajado(a) na comunidade Social Overdrive 10000 Pontos de Experiência Criador(a) de conteúdo - Júnior

    Padrão Até a vitória

    Em uma universidade de magia.


    O mago negro caminha desanimado e cansado rumo a aula, que por algum motivo fora movida para o anfiteatro. Dor, desgaste, fome, desanimo, raiva, ódio, são sentimentos que drenam as ultimas energias do mago que ruma a aula... Suas roupas negras estavam rasgadas, o sangue ainda marcava seu rosto, a ultima briga havia sido vencida, mas há um grande custo. Se não fosse uma prova ele certamente iria para o alojamento ou enfermaria no caso...

    No anfiteatro da universidade um Arc-Mago reúne seus alunos para uma aula em campo aberto.

    - Hoje queridos alunos teremos um teste para avaliar e poder de suas defesas e quem sabe lhes ensinar humildade, quem sabe um pouco mais... O exercício hoje é simples. Se um de vocês estiver dentro do seu circulo de proteção ao final da aula. Todos recebem uma nota. Uma bela nota se esses círculos de proteção forem dos elementos água e vento. Sem mais regras.

    Todos os alunos desenharam círculos de proteção. Prepararam suas defesas. Dois círculos de proteção simultâneos não era tarefa tão difícil. Dês de que ele não se tocassem.
    Quando todos os alunos estavam em seus círculos protetores o mestre fez um suave movimento de mão que convocou um relâmpago, 12 alunos têm seus círculos de proteção destruídos e caem ao chão. Defender-se de eletricidade com um escudo de água é uma péssima ideia.

    Mago Negro - 12 alunos derrotados em 5 segundos. Adoro essa aula.

    Uma ruiva com olhos verdes a poucos metros a direita do mago ruge.

    Maga de Fogo - Cala a boca. Ainda restam 4 horas 29 minutos e muitos segundos desta aula que você adora...

    O mestre dar uma olhar apreciador nos alunos que restaram com certo divertimento. Silenciosamente ele convoca uma magia que irá drenar a mana de seus alunos. Pela hora seguinte não ataca diretamente. Apenas deu uma aula maçante enquanto drenava as forças dos alunos. Ao final da primeira hora apenas 8 alunos restavam.

    Durante a segunda hora sem movimentos, sem palavras, sem gestos, um raio desceu do céu. Apenas 4 alunos estavam de pé.

    Na terceira hora o Arc-Mago atacou diretamente o Mago Negro um relâmpago que o atingiu em cheio. Na mente do aprendiz algo se desfez, A dor se tornou insuportável, o cansaço reverberou era hora de desistir. Mas seu orgulho rugiu e em meio a sua mente estilhaçada ele chegou ao que o move. Seu orgulho. Então sua magia crepitou. Pois ele é o próprio mar em tormenta. E uma reles tempestade não pode sobrepor o mar.
    A barreira de vento tocou na de água enquanto era consumido pela ira. O vento deu velocidade a água e a água deu força ao vento. Nesse momento o aprendiz aprendeu uma barreia muito mais poderosa que apenas as somas das duas anteriores e descobriu que o custo de magia era muito maior.

    Raios cruzaram o anfiteatro. O mago negro se interpôs entre o Arc-Mago e os outros três magos. Desviou quase toda energia para a parte frontal do escudo. Um pequeno circulo do tamanho de um pires que se movia para interceptar os ataques do professor. Um erro e ele receberia o ataque diretamente, sem nada para aliviar o golpe.

    Na quarta hora o Mestre decidiu que era hora de acabar. Dezenas de raios cruzaram o ar. três alunos caíram só resta um.

    Ultima meia hora.

    Arc-Mago - Uma pena crianças. Você ficarão sem notas. este aprendiz esta prestes a cair.

    Certamente cairei nos próximos cinco minutos e você não precisa nem atacar. O mago pensou, mas não falou.

    O mago negro estava exausto. O circulo de proteção só se mantinha por teimosia. Ele estava prestes a cair. Então veio. Um poderoso raio de luz que atravessou, o escudo, mas não destruí-lo. A dor o fez gritar. E em um instante sua decisão tomar.

    Mago Negro - Até a vitória. Ou até as terras de meus ancestrais...

    Uma magia antiga ele começou a evocar.
    A cada segundo seu corpo começou a envelhecer dias. A cada segundo dias de suas memorias começaram a se perder. Quando não há mais magia a queimar. Quando não há mais forças para lutar. ainda se pode queimar a própria vida. Pode queimar a própria alma.

    Uma nova onda de poder surgiu no aprendiz e foi respondida pelo mestre.

    Arc-Mago - Você irá cair.
    Mago Negro - Sim irei. Logo apos vencer. Sou a noite sem luar e já aceitei meu destino. E ele é vencer. A qualquer custo. ATÉ A VITÓRIA.

    Quando o primeiro cabelo branco surgiu no Mago Negro ele decidiu acabar com a luta. Anos se passariam em segundos. E o poder para subjugar um Arc-Mago seria sua recompensa.
    Antes de evocar a magia porem ele sentiu uma mão em seu ombro. O circulo de proteção estava concentrado apenas na frente.

    Maga de Fogo - Você nos aceita? Nossa ajuda, nossa magia. Lembra apenas um precisa resistir e não há regras.

    Antes da resposta vir. O mago era uma garota de 5 anos encantada com a mãe que brincava com um globo de fogo, tinha 15 anos e passou na universidade. Tinha 18 anos e sabia que o mago negro ia morrer se ela não ajudasse.

    Dezenove mentes invadiram a do mago negro, miríades de pensamentos, fractais de poder. Por um instante ele se perdeu, para logo apos ele ter o poder de vinte magos. O circulo se expandiu em direção ao mestre violentamente. Infelizmente o mestre não apenas resistiu como respondeu com ainda mais violência. O mestre teria vencido se na hora mais precisa não tivessem aparecido doze peças de xadrez ,cada uma maior que os magos, para proteger os alunos. Mais mentes o tocaram. Maga Elétrica, Mago de Gelo, Mago de Metal. Dezenas de mentes vieram ajudar. Dezenas de magos acharam que era hora do Arc-Mago perder.

    A maga evocou seu mais poderoso fogo. Uma chama sagrada que tudo poderia purificar e até magia ele poderia queimar. O mago negro evocou o nome do vento. A tempestade veio o servir. Então sem ser convidado o guardião do mago se fez presente, um dragão negro, e o fogo corrompeu. Uma tempestade de chamas negras nasceu... Uma tempestade com o poder de obliterar almas a todos estarreceu...

    Três Arc-Magos surgiam do ar. Um deles fez toda magia césar.
    Arc-Mago - Mas que pena seu circulo caiu. Vocês terão uma péssima nota, sem falar que precisaram de ajuda externa.
    Mago Negro - Ao final do tempo da sua aula. Nosso círculo estava de pé e o senhor nunca falou sobre não poder pedir ajuda...

    O mago negro estava a sorrir. Mesmo durante a queda, mesmo inconsciente, mesmo quando foi levado a enfermaria.

  2. O seguinte usuário agradeceu à kamui por esse post:

    gu1le (17-06-2017)

Tópicos Similares

  1. Até a vitória ou desolação...
    Por kamui no fórum » Prosa / Poesia
    Respostas: 5
    Último Post: 03-09-2015, 14:23

Marcadores

Permissões de Postagem

Sobre nós
© 2006 - 2017. tocadacoruja.net

  • » FAQ
  • » Manual do Fórum
  • » Parcerias
  • redes sociais