PDA

Ver Versão Completa : Solus/Linux - Guia Pós Instalação (NOVO)



gu1le
11-06-2017, 12:00
2017-Junho




DISTRO SOLUS/LINUX - GUIA PÓS-INSTALAÇÃO 2017




Solus/Linux - Solus Project - Solus Budgie





INICIO:


Solus/Linux avisa sobre atualizações logos após a instalação. Tudo pode ser feito pelo Software Center dele.

Em contrapartida, pode-se também fazer a mesma coisa usando o terminal. Abro o terminal pelo menu do Solus Linux.


Aperto a tecla super ou a tecla logo do Windows.


Aparece o Budgie Menu.


Digito: terminal.


Aperto enter.


O terminal aparece na Área de Trabalho.


Executo os comandos abaixo e aperto a tecla enter:


sudo eopkg ur && sudo eopkg up -y



Será pedido a senha. Ex:


~ $ sudo eopkg ur && sudo eopkg up -y
Senha:



É só digitar a senha que é invisivel. Uma relação entre o teclado e o terminal apenas e apertar novamente enter. E assim, eu atualizo os repositórios e faço update do sistema no Solus Linux Budgie.



COMENTÁRIO:


O melhor desktop do Solus Linux para mim, é o Budgie Desktop.


Em 2017 o Solus Linux nunca falhou comigo e por isto eu confio e uso muito ele. Tem tudo que eu gosto, preciso e mais... tem os programas que eu quero aprender e tem os programs que vão me ajudar a aprender a aprender. Sem falar nos jogos e emuladores de jogos Arcade e emuladores para jogos do windows. O Software center do Solus oferece muitos programas legais como Skype, Firefox, Google Chrome, Midori, Opera, Vivaldi, Epiphany, Qupzilla. GNOME mpv, Rhythmbox, muitos icones e temas, fontes, jogos, emuladores de jogos. Tem bastante coisa e só programas da melhor qualidade. Como certas pessoas gostam de dizer; o Solus em termos de programas é só o Filé.





ALGUNS COMANDOS DO GERENCIADOR DE PACOTES EOPKG




Instalar pacotes:


.

sudo eopkg it



.

Remover pacotes:



sudo eopkg rm

.


Remover repositórios:



sudo eopkg rr


.


Listar os novos pacotes no repositório:



sudo eopkg lc


.


Buscar pacotes:



sudo eopkg sr


.


Buscar arquivos:



sudo eopkg sf


.


Atualizar repositório:



sudo eopkg ur


.


Upgrade pacotes eopkg



sudo eopkg up


.


Deletar o cache:



sudo eopkg dc


.


Construir e instalar fontes de pacotes eopkg do repositório:



sudo eopkg emerge


.


Informação sobre o dono do pacote e release:



sudo eopkg blame



.


INSTALANDO PROGRAMAS PELO TERMINAL E APRENDENDO A USAR O TERMINAL:


Eu instalo o firewall gufw e o firewall firewald no Solus Linux Budgie - Shannon



.



sudo epokg it guwf firewald ; sudo eopkg ur



.



VERIFICO SE O FIREWALL GUFW ESTÁ HABILITADO.



.



sudo ufw status verbose


.




Resultado:


~ $ sudo ufw status verbose
Senha:
Status: active
Logging: on (low)
Default: deny (incoming), allow (outgoing), disabled (routed)
New profiles: skip



.



sudo ufw enable




Resultado:


~ $ sudo ufw enable
Firewall is active and enabled on system startup



.



QUERO SABER A VERSÃO DA DISTRIBUIÇÃO ENTÃO DIGITO:




lsb_release -a



Saida do Terminal, é o resultado:



~ $ lsb_release -a
LSB Version: 1.4
Distributor ID: Solus
Description: Solus
Release: 2017.04.18.0
Codename: shannon






cat /etc/issue



~ $ cat /etc/issue


[[ Solus Operating System ]]




.




ME INFORMO SOBRE O KERNEL E ARQUITETURA DA MÁQUINA (faço sempre que posso pra eu não esquecer):




uname -a



~ $ uname -a
Linux ff 4.9.20-12.lts #1 SMP Fri Mar 31 20:11:00 UTC 2017 x86_64 GNU/Linux




uname -r



~ $ uname -r
4.9.20-12.lts




arch



~ $ arch
x86_64



.



Eu quero aprender atalhos de terminal do GNU/Linux então eu leio o texto abaixo






Atalho Função



Ctrl + a Move o cursor para o início da linha
----------------------------------------------------
Ctrl + e Move o cursor para o final da linha
----------------------------------------------------
Ctrl + l Limpa a tela, semelhante ao comando clear
----------------------------------------------------
Ctrl + u Apaga do cursor ao início da linha.
----------------------------------------------------
Ctrl + k Apaga do cursor ao final da linha.
----------------------------------------------------
Ctrl + w Apaga uma palavra antes do cursor.
----------------------------------------------------
Ctrl + _ Desfaz as últimas mudanças.
----------------------------------------------------
!! Executa o último comando no histórico.
----------------------------------------------------
!abc Executa o último comando no histórico começando com abc.
----------------------------------------------------
!n Executa o comando de número n no histórico.
----------------------------------------------------
^abc^xyz Substitui a primeira ocorrência de abc por xyz no último comando e executa o mesmo.



.



VERIFICO INFORMAÇÕES DA MINHA CPU:




cat /proc/cpuinfo



.



Me lembro que o terminal do Linux tem sensibilidade a letras maiúsculas e minúsculas. Um arquivo chamado Texto.txt é diferente de texto.txt




.



VERIFICO INFORMAÇÕES DA MINHA MEMÓRIA:




cat /proc/meminfo



.


Quero saber que dia é hoje para o terminal, digito:



date



Saída do terminal a este comando:


~ $ date
qua abr 12 11:29:02 BRT 2017



.


Quero saber quando cairá certo dia em outro ano anterior ou posterior usando pipe "|" e "less":




~$ cal 2018 | less




Aperto a tecla Q para sair do calendário. O pipe "|" serve para unir um comando a outro. No GNU/Linux posso unir programas que virão todos juntos.


.


Se eu quiser sabe o mês 4 de 2013, eu faço assim:




~$ cal 4 2013



.




Instalo a sandbox firejail e firetools e o conky-manager também





sudo eopkg install conky-manager firetools firejail ; sudo eopkg ur ; mkdir -p ~/.local/share/applications; for profile in $(basename -s .profile /etc/firejail/*.profile); do if [[ -f /usr/share/applications/$profile.desktop ]]; then sed -r 's/^(Exec=)/\1firejail /' /usr/share/applications/$profile.desktop > ~/.local/share/applications/$profile.desktop; echo $profile configured to run in firejail; fi; done ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up




sudo eopkg it evopop-gtk-theme flat-plat-gtk-theme ; sudo eopkg it breeze-cursor-theme breeze-snow-cursor-theme captiva-icon-theme elementary-icon-theme ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg it bluefish geany audacity calibre fbreader sigil fotoxx gaupol inkscape k3b pinta pitivi gimp retext ; sudo eopkg ur && sudo eopkg up



.



Confiro o SWAP





cat /proc/sys/vm/swappiness
10




O Solus já vem com SWAP10


.



SWAP - O funcionamento de um computador, para além de muitos outros aspetos, utiliza a memória para armazenar os programas abertos. Simplificando um pouco, pode-se dizer que essa memória é de dois tipos: a memória RAM e a SWAP (utilização do disco rígido ou HD).






Ora, a memória RAM é bastante mais rápida que os HDs, no entanto ela é mais limitada em termos de tamanho. Então o que o Ubuntu, por exemplo, faz é utilizar a memória RAM e quando precisar de mais memória utiliza o disco como memória auxiliar.





O problema deste funcionamento do Ubuntu, não do Solus, é que ele considera a prioridade de utilizar a memória SWAP um pouco elevada, utilizando-a mesmo quando ainda tem muito espaço na memória RAM. Assim, este artigo explica como diminuir essa prioridade fazendo com que, na generalidade dos casos, o Ubuntu tenha melhores desempenhos.





Este tema do modo de utilização dos vários tipos de memória é bastante extenso.


.



IMPORTANTE - O SWAP 10 não deve ser usado com Prelink (ou um ou outro). A alteração do swap é para computadores com 4GB de RAM ou mais. Os computadores abaixo de 4GB de RAM não devem executar este procedimento abaixo.


.


Para mudar o swap apenas temporariamente para ver se funciona, digite (copie e cole):





$ sudo sysctl vm.swappiness=10


Depois verifique com:
$ cat /proc/sys/vm/swappiness




Alterando o swap permanentemente.
Swap



$ cat /proc/sys/vm/swappiness



resultado:


60

.


Tem que ficar igual a 10.
Execute o comando:



$ sudo bash -c "echo 'vm.swappiness = 10' >> /etc/sysctl.conf"



$ sudo shutdown -r now


.



Vou relembrar. Quero saber a arquitetura do computador. digito arch que é igual ao comando uname -m, e recebo a resposta:





~ $ arch
x86_64




~ $ uname -m
x86_64



.



lsusb - Lista informações sobre os barramentos USB do computador e sobre os dispositivos a eles conectados.




~ $ lsusb
Bus 001 Device 002: ID 8087:8001 Intel Corp.
Bus 001 Device 001: ID 1d6b:0002 Linux Foundation 2.0 root hub
Bus 003 Device 001: ID 1d6b:0003 Linux Foundation 3.0 root hub




.


Instalo o gimp e o wps office



sudo eopkg install gimp ; sudo eopkg ur




O wps office é instalado via o software center do Solus Linux 2017 que só tem a nata dos softwares do mundo Linux.



.



Para limpar o sistema instalo o bleachbit.



O segredo do bleachbit é clicar no botão que simula a limpeza tirar os ticks das coisas que não tem nada para ser removido e verificar o nome das coisas que serão removidas. Ele mostra tudo na simulação de limpeza. Eu não sei por que ninguém fala muito sobre isto e eu mesmo só achei a info em sites na lingua inglesa.




~$ sudo eopkg it bleachbit ; sudo eopkg ur





COMO USAR O BLEACHBIT NO LINUX PELA LINHA DE COMANDO?



Bleachbit é um programa que limpa o sistema Linux deletando arquivos indesejados criados por vários aplicativos.



---------------------------



Para baixar o Bleachbit visito o link abaixo, ou instalo pela Central de Programas do Solus/Linux, ou uso o comando supracitado (acima):



https://www.bleachbit.org/download/linux




O QUE PODE SER COMPLICADO É SABER QUAIS CAIXAS A SEREM SELECIONADAS PARA LIMPEZA.


Para a limpeza padrão, eu seleciono:


Análise profunda >> Arquivos temporários

Bash >> History

System >> Cache

System >> Lixeira

System >> Rotação de Logs

System >> Área de transferência



---------------------------



CLICO NA PRÉ-VISUALIZAÇÃO DA LIMPEZA.


Confiro o material que será apagado.


CLICO EM LIMPAR.



---------------------------
2017


POSSO USAR A LINHA DE COMANDO DO BASH (TERMINAL) PARA LIMPAR O SISTEMA COM O BLEACHBIT:


--------------------------

Interface de linha de comando para o Bleachbit:



OPTIONS

-h, --help

show this help message and exit



-l, --list-cleaners

list cleaners



-c, --clean

run cleaners to delete files and make other permanent changes



--debug-log=DEBUG_LOG


log debug messages to file



-s, --shred


shred specific files or folders



--sysinfo


show system information



--gui launch the graphical interface


-p, --preview


preview files to be deleted and other changes


--preset

use options set in the graphical interface


-v, --version


output version information and exit



-o, --overwrite


overwrite files to hide contents

---------------------------------



EXECUTO OS COMANDOS ABAIXO NO TERMINAL.



Para ver uma lista de itens que posso limpar:


~ $ bleachbit --list
adobe_reader.cache
adobe_reader.mru
adobe_reader.tmp
amsn.cache
amsn.chat_logs
amule.logs
amule.tmp
apt.autoclean
apt.autoremove
apt.clean
apt.package_lists
. . .



Para pré-visualizar os resultados:



$ sudo bleachbit --preview apt.clean apt.autoremove

apt-get autoremove 0
Espaço em disco recuperado: 0
Arquivos apagados: 0
Operações especiais: 1




Para executar a limpeza:



$ sudo bleachbit --clean apt.clean apt.autoremove




Para executar a limpeza e sobreescrever os arquivos deletados:



$ sudo bleachbit --overwrite --clean apt.clean apt.autoremove


.




Instalo downloaders e preload e descubro qua já tem alguma coisa pré-instalada para o bem do meu sistema.



sudo eopkg it aria2 uget preload ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up


.


ALGUNS PROGRAMAS PARA INSTALAR

-----------------------
INSTALAR O STREMIO
-----------------------


Removendo qualquer coisa previamente instalada:


sudo rm -Rf /opt/stremio

sudo rm -Rf /usr/bin/stremio

sudo rm -Rf /usr/share/applications/stremio.desktop




wget http://dl.strem.io/Stremio3.6.5.linux.tar.gz -O stremio.tar.gz



sudo mkdir /opt/stremio

sudo wget https://www.macupdate.com/images/icons256/56058.png -O /opt/stremio/stremio.png



sudo tar -vzxf stremio.tar.gz -C /opt/stremio/



sudo ln -sf /opt/stremio/Stremio.sh /usr/bin/stremio



echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=stremio\n Exec=/opt/stremio/Stremio.sh\n Icon=/opt/stremio/stremio.png\n Type=Application\n Categories=Application' | sudo tee /usr/share/applications/stremio.desktop




OBS:
Vejo que existe [Desktop Entry], Version, Name, Exec, Icon, Type, Categories. Estes sete itens devem ser informados ao sistema pelo administrador. As informações formecidas variam de programa para programa.




Continuando, eu executo os comandos abaixo:



sudo chmod +x /usr/share/applications/stremio.desktop



cp /usr/share/applications/stremio.desktop ~/Área\ de\ Trabalho/





-----------------------
INSTALAR O POPCORN-TIME
-----------------------



Removendo qualquer coisa previamente instalada:



sudo rm -Rf /opt/popcorntime

sudo rm -Rf /usr/bin/Popcorn-Time

sudo rm -Rf /usr/share/applications/popcorntime.desktop



wget https://get.popcorntime.sh/build/Popcorn-Time-0.3.10-Linux-64.tar.xz -O popcorntime.tar.xz



sudo mkdir /opt/popcorntime



sudo tar Jxf popcorntime.tar.xz -C /opt/popcorntime/



sudo ln -sf /opt/popcorntime/Popcorn-Time /usr/bin/Popcorn-Time



echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=popcorntime\n Exec=/opt/popcorntime/Popcorn-Time\n Icon=/opt/popcorntime/src/app/images/icon.png\n Type=Application\n Categories=Application' | sudo tee /usr/share/applications/popcorntime.desktop






OBS:
Vejo que existe [Desktop Entry], Version, Name, Exec, Icon, Type, Categories. Estes sete itens devem ser informados ao sistema pelo administrador. As informações formecidas variam de programa para programa.




Continuando, eu executo os comandos abaixo:



sudo chmod +x /usr/share/applications/popcorntime.desktop



cp /usr/share/applications/popcorntime.desktop ~/Área\ de\ Trabalho/




Agora é digitar:


/opt/popcorntime/Popcorn-Time



E apertar a tecla TAB





OBS:
No caso da Instalação do Telegram:

Exemplo:

No deepin 15.4 para o atalho eu usei:
[Desktop Entry]
Version=1.0
Name=Telegram
Exec=/opt/telegram/Telegram
Icon=telegram
Type=Application
Categories=Application;Network;




Vejo que existe [Desktop Entry], Version, Name, Exec, Icon, Type, Categories. Estes sete itens devem ser informados ao sistema pelo administrador. As informações formecidas variam de programa para programa que eu irei querer instalar na Distribuição Linux.



[Desktop Entry]
Version=1.0
Exec=/opt/telegram/Telegram
Icon=Telegram
Type=Application
Categories=Application;Network




-----------------------
INSTALAR O TOR-BROWSER
-----------------------



Removendo qualquer coisa previamente instalada:



sudo rm -Rf /opt/tor-browser*

sudo rm -Rf /usr/bin/tor-browser

sudo rm -Rf /usr/share/applications/torbrowser.desktop



wget https://dist.torproject.org/torbrowser/6.5.1/tor-browser-linux64-6.5.1_pt-BR.tar.xz -O tor-browser.tar.xz



sudo tar -xvJf tor-browser.tar.xz -C /opt/



sudo mv /opt/tor-browser*/ /opt/tor-browser



sudo ln -sf /opt/tor-browser/Browser/start-tor-browser /usr/bin/torbrowser



echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=torbrowser\n Exec=/opt/tor-browser/Browser/start-tor-browser\n Icon=/opt/tor-browser/Browser/icons/updater.png\n Type=Application\n Categories=Application' | sudo tee /usr/share/applications/torbrowser.desktop




OBS:
Vejo que existe [Desktop Entry], Version, Name, Exec, Icon, Type, Categories. Estes sete itens devem ser informados ao sistema pelo administrador. As informações formecidas variam de programa para programa. Veja abaixo:



[Desktop Entry]
Version=1.0
Name=torbrowser
Exec=/opt/tor-browser/Browser/start-tor-browser
Icon=/opt/tor-browser/Browser/icons/updater.png
Type=Application
Categories=Application



Continuando, eu executo os comandos abaixo:




sudo chmod +x /usr/share/applications/tor-browser.desktop



cp /usr/share/applications/tor-browser.desktop ~/Área\ de\ Trabalho/




-------------------------
INSTALANDO O TELEGRAM
-------------------------


Para remover qualquer tentativa de instalação anterior:



sudo rm -Rf /opt/telegram*

sudo rm -Rf /usr/bin/telegram

sudo rm -Rf /usr/share/applications/telegram.desktop



Baixo o pacote em:



https://desktop.telegram.org/



Renomeio o pacote baixado para:



telegram.tar.xz



Abro o terminal onde baixei e renomeei o pacote.


Descomprimo o pacote e envio para a pasta /opt:



sudo tar Jxf telegram.tar.xz -C /opt/



Renomeio a pasta criada para o caso dela ao descomprimir receber outro nome que não foi o que eu dei ao pacote.



sudo mv /opt/Telegram*/ /opt/telegram



Crio um lançador para o programa:



sudo ln -sf /opt/telegram/Telegram /usr/bin/telegram



echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Exec=/opt/telegram/Telegram\n Icon=Telegram\n Type=Application\n Categories=Application;Network;' | sudo tee /usr/share/applications/telegram.desktop



-------------------------
A PARTE ACIMA, PODERIA TAMBÉM SER FEITA COMO O EXEMPLO ABAIXO:
-------------------------


Crio um lançador para o o cliente oficial Telegram, executando um editor de texto com o comando:



sudo gedit /usr/share/applications/telegram.desktop



Copio conteúdo abaixo e cole ele no arquivo aberto. Em seguida, salvo e fecho o arquivo;



[Desktop Entry]
Version=1.0
Type=Application
Terminal=false
Name=Telegram
Exec=/opt/telegram/Telegram
Icon=Telegram
Categories=Application;Network;




-------------------------
ATALHO NA ÁREA DE TRABALHO:
-------------------------


sudo chmod +x /usr/share/applications/telegram.desktop



cp /usr/share/applications/telegram.desktop ~/Área\ de\ Trabalho/



Se o sistema estivesse em ingles eu usaria o comando abaixo para copiar o atalho para a área de trabalho (a área de trabalho em inglês se chama Desktop):



cp /usr/share/applications/telegram.desktop ~/Desktop





.


-------------------------
Instalando-o-Tor-Browser-no-Linux-a-partir-da-fonte-tar.xz
-------------------------


Baixo o Tor-Browser no Site oficial



https://www.torproject.org/download/download.html.en



sudo rm -Rf /opt/tor-browser*



sudo rm -Rf /usr/bin/tor-browser



sudo rm -Rf /usr/share/applications/torbrowser.desktop



Renomeio com o nome:



tor-browser.tar.xz



Uso o sudo acompanhado do comando tar e com os argumentos -xvjf para extrair o pacote e fica assim:



sudo tar -xvJf tor-browser.tar.xz -C /opt/



sudo mv /opt/tor-browser*/ /opt/tor-browser



sudo ln -sf /opt/tor-browser/Browser/start-tor-browser /usr/bin/torbrowser



echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=torbrowser\n Exec=/opt/tor-browser/Browser/start-tor-browser\n Icon=/opt/tor-browser/Browser/icons/updater.png\n Type=Application\n Categories=Application' | sudo tee /usr/share/applications/torbrowser.desktop



sudo chmod +x /usr/share/applications/torbrowser.desktop



cp /usr/share/applications/torbrowser.desktop ~/Área\ de\ Trabalho/


cp /usr/share/applications/torbrowser.desktop ~/Desktop






Aí eu instalo icones, temas e todos os programas que eu gosto pela central de programas e instalo todos os programas que eu gosto e preciso por lá também. Tem de tudo e o Solus é um sistema que faz qualquer máquina virar um super-computador a jato.




É muito bom. :)


-------------------------------------------


Comandos solus para melhoria do sistema (?)




sudo eopkg check ; sudo eopkg list-updates ; sudo eopkg bi ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg cp ; sudo eopkg dc ; sudo eopkg dr ; sudo eopkg er ; sudo eopkg ix ; sudo eopkg la ; sudo eopkg rm ; sudo eopkg rr ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg list-repo ; sudo eopkg update-repo ; sudo eopkg list-components ; sudo eopkg index ; sudo eopkg upgrade ; sudo eopkg list-instaled ; sudo eopkg list-pending ; sudo eopkg configure-pending ; sudo eopkg rebuild-db ; sudo eopkg delete-cache ; sudo eopkg clean ; sudo eopkg history ; sudo eopkg help



sudo eopkg check ; sudo eopkg bi ; sudo eopkg clean ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg cp ; sudo eopkg dc ; sudo eopkg dr ; sudo eopkg er ; sudo eopkg ix ; sudo eopkg la ; sudo eopkg rm ; sudo eopkg rr ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg list-avaliable ; sudo eopkg list-updates





sudo eopkg list-updates ; sudo eopkg bi ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg cp ; sudo eopkg dc ; sudo eopkg dr ; sudo eopkg er ; sudo eopkg ix ; sudo eopkg la ; sudo eopkg rm ; sudo eopkg rr ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg ur ; sudo eopkg up ; sudo eopkg list-repo ; sudo eopkg update-repo ; sudo eopkg list-components ; sudo eopkg index ; sudo eopkg upgrade ; sudo eopkg list-instaled ; sudo eopkg list-pending ; sudo eopkg configure-pending ; sudo eopkg rebuild-db ; sudo eopkg delete-cache ; sudo eopkg clean ; sudo eopkg history





-------------------------


sudo eopkg check - constrói os pacotes PISI


sudo eopkg bi - informa sobre o dono do pacote e o release





É isto pessoal. Espero que minhas anotações sejam úteis a você como elas são para mim. Um abraço.





Até Breve



.