PDA

Ver Versão Completa : A Juventude e o Relógio



maider
28-10-2014, 06:34
A Juventude e o Relógio

O tempo não muda, não para, não espera por nada e não espera por ninguém.

Como um trem em um trilho sem fim ele corre dia-a-dia, acrescentando
coisas positivas aos que fazem um bom uso dele e deixando lamento aos que
dele não tiram proveito.
O tempo não para e o relógio é uma lembrança constante de que as
horas estão passando... Sem parar.
A juventude de hoje não gosta do relógio. A maioria não gosta de sair da cama,
não gosta de estudar, não gosta de nada que acrescente algo bom a suas
vidas. A situação se resume facilmente em jogos, vaidade, passeios... Ou seja,
a maioria deles quer somente a diversão eterna.
A maioria dos garotos só sabe falar e fazer coisas relacionadas a jogos,
computadores, videogames, futebol e claro, eles também falam das
garotas que se relacionaram ou não como se estas fossem objetos que saíram
de moda, tiram onda e as ferem com palavras e/ou atitudes,
aquelas que eles julgam diferentes ou não boas o suficiente.
A maioria das garotas passa o tempo cuidando de seus corpos, se
informando das últimas fofocas ao seu redor, procurando ser ou parecer melhor
do que as outras e claro, elas também falam dos garotos interessantes,
sejam os bonitinhos que elas querem estar nos braços, sejam dos
feinhos que elas querem distância, sejam dos diferentes que servem para
uma boa risada...
Grande parte da juventude está neste patamar, longe de algo ideal, mas o
principal e mais triste, está longe de algo socialmente construtivo e
pessoalmente benéfico.
Os livros perderam o lugar para as revistas; o jornal perdeu o lugar para a violência;
a cultura perdeu o lugar para as modinhas; a educação perdeu seu lugar para as ruas...
Você jovem que não está neste meio descrito, te parabenizo e lhe desejo sorte
e força em tudo aquilo que estiver fazendo e vier a fazer.
Você jovem que está dentro deste meio descrito, lhe recomendo uma boa
reflexão sobre sua vida e se quer ser alguém na vida, corra atrás do prejuízo
porque se esperar muito tempo, poderá ser tarde demais.
A família não dura para sempre, um dia ficamos sós na vida e é neste momento
em que o jovem com perspectivas, com educação, com cultura supera a
situação desesperadora criando uma vida estável ou ele já tem uma vida estável
e somente sente a diferença emocional.
Sair para se divertir é excelente, mas se divertir sem pensar no amanhã
é amar o presente e odiar o consequente.



Felipe Bento - 23/12/2012

lunacrystallhop
28-10-2014, 08:09
Muito bonito!!

Susane Paz
28-10-2014, 20:38
Ótimo texto, muito reflexivo!
É preciso refletir sobre nossas atitudes de hoje, para ter um melhor amanhã.